.

.

terça-feira, 21 de março de 2017

A Ciência dos Alimentos




Nutrição é a ciência dos alimentos

A combinação dos alimentos em quantidade e Qualidade adequados vão compor um sangue "limpo", alcalino isento de acidez. Sangue esse que irá nutrir todas as nossas células e tecidos.


Nosso corpo é uma engrenagem perfeita de orgãos e funções.
O metabolismo Energético conduz à nossa mente, sentidos e emoções.
Esses fatores interferem na produção de hormônios e enzimas que determinam o funcionamento do organismo.

Uma alimentação adequada restaura o funcionamento normal de nossa fisiologia.

Propiciando qualidade adequada de micronutrientes, equilíbrio bioquímico, para melhor Qualidade de Vida e Bem Estar.

Priorize por uma visão holística,se alimentando de produtos naturais, orgânicos, frutas e vegetais crus, etc.


Ex.:Queijo Tofu
Sua carcterística marcante é seu alto teor de proteína,porcentagem significativa de cálcio,minerais,potássio;ferro e fósforo;e pouquíssimas calorias (100grs./70 calorias).






Cogumelos:
Seu elevado teor em fibras auxilia o funcionamento do intestino,no controle do colesterol (LDL-colesterol ruim) e na prevenção de doenças cardiovasculares.


Espinafre: benefícios:

doença cardíaca;
antioxidante;
osteoporose;
artrite.


Suco de Uva orgânico, iogurte desnatado+linhaça em pó,
Folhas, frutos, grãos, raizes e tubérculos.

A sua Saúde e Felicidade depende 
do uso que você faz do seu Livre Arbítrio!


Amorosamente,
Fernanda Tomaz



terça-feira, 14 de março de 2017

Alimentos para melhorar a Gastrite

A Gastrite é uma inflamação na mucosa das paredes do Estômago. Normalmente, os sintomas da doença são: azia, queimação, dor de estômago, perda de apetite, enjoo, vômito e fezes escuras. Porém, a gastrite também pode ser assintomática. Por ser um problema que ataca o sistema digestivo, sabe-se que a alimentação tem papel preponderante no tratamento e alívio dos sintomas.

Alimentos indicados para Gastrite:






Couve:

A couve é uma hortaliça poderosa, devido à presença de fitoquímicos antioxidantes. Em nosso organismo, ela funciona como um anti-inflamatório natural, combatendo várias doenças, incluindo a gastrite. A folha também tem função cicatrizante, amenizando as úlceras estomacais.



Hortelã:
A hortelã teme feito calmante para as paredes dos estômago. Por isso, seu consumo alivia as dores causadas pela gastrite. O chá morno da erva é uma boa opção para quem está com o problema. Também é possível utilizar as folhas no preparo de sucos e saladas.






banana, figo, maça vermelha, mamão, manga 


Frutas Não Ácidas:

As frutas também são indicadas, desde que não sejam ácidas (laranja, limão, abacaxi e outras). É importante lembrar que, mesmo com a dificuldade para comer, quem tem gastrite precisa se alimentar com frequência, pois os sintomas se agravam com o estômago vazio.







Iogurte:

A inflamação pode acabar com as bactérias benéficas que habitam nosso sistema digestivo. Isso faz com que a recuperação se torne ainda mais complicado. Por essa razão, é fundamental consumir alimentos probióticos, como o iogurte, que recuperam a flora bacteriana.







Babosa:

A babosa tem propriedade cicatrizante. Por isso, a ingestão do gel contido nas folhas também é benéfico para pessoas com gastrite. Vale salientar que a parte verde da folha é tóxica e não deve ser ingerida. O ideal é comprar o gel ou o suco da Aloe Vera em uma loja de produtos naturais.


Fraternos Abraços

domingo, 12 de março de 2017

Alimentação Ácida ou Alcalina? Conheça a Bioquímica Ideal do Sangue


Alimentação Alcalina para a Saúde Sanguínea

Nosso sangue é um meio líquido, e como todo líquido possui um pH próprio. O pH é a medida de acidez ou alcalinidade do meio, e é representado numericamente em uma escala de 0 a 14, sendo pH 0 o mais ácido, pH 14 o mais alcalino, e pH 7 o nível neutro. Em sua manutenção ideal, o sangue é um líquido alcalino, variando entre um pH de 7,2 e 7,5. Com isto em consideração, podemos entender melhor as diferenças entre os alimentos ácidos e alcalinos, quais seus efeitos sobre o pH do sangue, e como buscar o equilíbrio bioquímico na nutrição.Sendo o sangue, idealmente, um meio alcalino, devemos priorizar os alimentos que colaboram neste sentido, mas quais são eles?

A confusão mais comum é imaginarmos que um alimento ácido deixará nosso sangue mais ácido e um alimento alcalino, mais alcalino, mas esta não é exatamente a lógica correta. Uma laranja, por exemplo, é um alimento originalmente ácido, porém o resíduo orgânico que restará no corpo após sua digestão, é alcalino, o que caracteriza a laranja como um alimento ‘alcalinizante’.

Para uma alimentação mais alcalina, devemos buscar os alimentos ‘alcalinizantes’ e evitar os alimentos ‘acidificantes’. Levando em conta que o mais importante não é o estado ácido ou alcalino original do alimento, mas sim os resíduos, ou ‘cinzas orgânicas’, que ele irá deixar no corpo após ser metabolizado, definem-se todas as fontes de nutrição entre duas categorias: acidificante, para alimentos cujos resíduos são ácidos, e alcalinizantes, para aqueles cujos resíduos são alcalinos e, portanto, colaboram com nosso organismo.

Os alimentos alcalinizantes que mais colaboram com o equilíbrio ideal da bioquímica do sangue são: todas as frutas frescas, frutas secas, folhas verdes, legumes e verduras sem agrotóxicos, com destaque para o chuchu, quiabo, abobrinha (a gosma é altamente alcalinizante), e o melaço de cana. Dentre as Castanhas, as únicas alcalinizantes são amêndoas e pistaches, sendo as demais castanhas acidificantes.

Menção especial entre os alcalinizantes vai para todas as raízes, inclusive os tubérculos, que fortificam o sangue deixando-o mais alcalino, a exemplo das batatas, mandioquinha, inhame, mandioca, entre outros, naturalmente, considerando que eles sejam cozidos sem óleo ou frituras de qualquer espécie. Em suma, frutas, saladas, verduras, são altamente saudáveis e podem ser consumidas em abundância por qualquer um no dia a dia.

De um modo geral, os alimentos restantes tornam o sangue mais ácido, e aconselha-se um consumo moderado. Os alimentos mais acidificantes, ou seja, que pioram a qualidade do sangue com maior intensidade, são todos os tipos de carnes, ovos, leite e seus derivados (iogurte, queijos, manteiga, coalhada). Além das proteínas de origem animal, são também grandes inimigos do pH do sangue, a cafeína, o álcool, cigarro, refrigerantes, frituras de todos os tipos, e o açúcar refinado.

Já as famílias dos grãos e das castanhas, apesar de acidificantes, trazem benefícios nutricionais e devem ser consumidos com critério. Isto inclui os grãos como feijão, grão-de-bico, lentilha e similares, e as castanhas todas, amendoim, castanha de caju, do Pará, macadâmias e avelãs, apenas com exceção das amêndoas e pistache, que já mencionamos. É importante ressaltar que cada indivíduo possui um histórico próprio e fatores isolados que irão interagir com a bioquímica do sangue, porém, a rigor, se regularmos o consumo dos alimentos acidificantes, priorizando os alcalinizantes, certamente estaremos contribuindo com nossa saúde a curto, médio e longo prazo.

Para que o equilíbrio ideal do pH sanguíneo se mantenha, devemos compor nossa nutrição com, pelo menos, cerca de 75% de alimentos Alcalinizantes, e 25% de alimentos Acidificantes. Dependendo do organismo pessoal de cada um, esta proporção pode subir para até 90% ou 100% de alimentos Alcalinizantes, e uma redução quase total dos Acidificantes. Basicamente, um sangue com pH alcalino fortalece todo o sistema imunológico, prevenindo muitas doenças e mantendo ânimo e disposição no cotidiano. É um fato conhecido não só por médicos e nutricionistas, mas também por Terapeutas Naturais e Holísticos, que a qualidade do sangue define nossa predisposição a todos os tipos de doenças, ou nossa capacidade de resistir a elas.

(fonte: www.casajaya.com.br)

Fraternos Abraços

sexta-feira, 10 de março de 2017

Combinação perfeita para a saúde * Aveia, Maçã e Limão

Ajuda no Emagrecimento, 
controla Diabetes 
e Colesterol Ruim (LDL)




AVEIA, LIMÃO E MAÇÃ

Esta combinação é Fantástica! 
Não só para quem quer emagrecer, 
mas para todos que querem ter Saúde!


A Aveia é um excelente alimento

Ela ajuda a regular o colesterol e também a perder peso.

Seu baixo teor de gordura e açúcar proporciona uma menor ingestão calórica diária, o que é essencial para o emagrecimento.

Além disso, ela nos dá uma sensação de saciedade que dura horas, e isso sem sobrecarregar o aparelho digestivo.

Também nos abastece com vitaminas, minerais e proteínas necessárias para termos energia ao longo do dia.

É ótima para os diabéticos e ajuda a regular a pressão arterial.



O Limão é superpoderoso

Ele é alcalinizante, ou, numa linguagem popular, afina o sangue, eliminando gorduras e toxinas do corpo.

Além disso, acelera o metabolismo e é muito rico em vitamina C. 



A Maçã regula os níveis de glicose e triglicérides no sangue

Ela contém parcelas significativas de fitonutrientes capazes de impedir a oxidação do LDL, o mau colesterol, responsável por causar doenças cardiovasculares.

Rica em polifenóis, a maçã exerce um papel de “varredora” de radicais livres para fora de nosso corpo.

E mais uma sobre esta redondinha de casca vermelha: pesquisadores da Nippon Sport Science University Graduate School, no Japão, constataram que a maçã, além de ser excelente para a saúde, facilita o emagrecimento e a perda da gordura corporal.

De acordo com eles, a ingestão moderada de maçã por um período de três semanas promoveu uma perda de gordura de aproximadamente 20% em cobaias de laboratório, além de aumentar significativamente a capacidade antioxidante dessas cobaias.

São todas essas qualidades dos três ingredientes que tornam esta vitamina muito especial e uma forte aliada de quem está querendo emagrecer.




RECEITA DA VITAMINA


INGREDIENTES:

Meio litro de água;
5 colheres de sopa 
cheias de aveia;
2 maçãs; 
1 limão.


PREPARO: 

Coloque no liquidificador todos os ingredientes e bata bem.
Se ficar muito grosso, 

você pode adicionar um pouco mais de água.

P.S.: Beba de preferência em jejum

quinta-feira, 9 de março de 2017

Suco milagroso para a saúde

Beterraba, 
Maçã e 
Cenoura

Benefícios:

Beterraba


A Beterraba é rica em vitamina A, C, cálcio e ferro, previne e ajuda a curar anemia. Além disso, é rica em nitrato, que ajuda a baixar a pressão sanguínea e a prevenir doenças cardiovasculares. O nitrato também diminui o gasto de oxigênio, melhor o desempenho nos esportes. A beterraba ainda é rica em antioxidantes que combatem os radicais livres, o que melhora a aparência da pele e previne o envelhecimento precoce. A beterraba ajuda a melhorar o sistema imunológico e ajuda a prevenir as células cancerígenas. É rica em biotina, uma vitamina B solúvel na água que desempenha um papel-chave nas proteínas, gorduras e hidratos de carbono metabolizantes.


Maçã


A Maçã é rica em vitamina C, B1, B2, E e em niacina, ferro e fósforo. Em sua casca, encontra-se um alto teor de pectina, que ajuda a reduzir o colesterol no sangue. A maçã tem alto valor nutritivo e baixo teor calórico, sendo ótimo alimento para quem não quer ganhar peso. A maçã ajuda a circulação sanguínea, prevenindo as doenças cardíacas. É um excelente regulador intestinal pois, possui alto índice de fibras, o que também é excelente para o sistema digestivo, auxiliando a digestão.


Cenoura

A Cenoura é rica em betacaroteno, vitamina A, C, B2 e B3. Além de fósforo, cálcio, potássio e sódio e antioxidantes e fibras, a cenoura melhora a visão e ajuda a prevenir vários tipos de cânceres. Fundamental para a saúde da pele e seus anexos (cabelos e unhas), a cenoura regula o açúcar no sangue, fortalece a saúde pulmonar e do cólon, ajuda a fortalecer o sistema imunológico e ainda favorece o bronzeamento. A cenoura é um dos principais desintoxicantes do mundo vegetal, reforça as funções hepática, renal e gástrica.
Como fazer o suco?


Receita:

1 beterraba,
1 maçã,
1 cenoura. 

Bata no liquidificador ou centrifuga,
a beterraba e a cenoura,
coe
, agregue a maçã e bate mais um pouco.
Não precisa coar.

Tomar um copo pela manhã em jejum, 
esperar pelo menos uns 15 minutos antes do café da manhã.

Fraternos Abraços

terça-feira, 7 de março de 2017

Farelo de Trigo


Conhecido também como Fibra Vegetal, é a camada externa do Grão de Trigo, muito necessária ao organismo, pois a função básica da fibra é filtrar as gorduras e os alimentos que ingerimos.

Porém, é a celulose que o torna fundamental na dieta.

Não sendo absorvida na digestão humana, a celulose serve para engrossar o volume do bolo alimentar, estimulando os movimentos peristálticos do intestino, combatendo um dos males da vida moderna: a prisão de ventre.

O trânsito lento do bolo alimentar no intestino provoca a diverticulite, que se caracteriza por pequenas lesões na parede do cólon, ocasionando a diminuição do seu diâmetro.

Os sintomas são: 
azia, náuseas, dilatação e dores abdominais, gases, prisão de ventre. 

O agravamento desta moléstia leva a um quadro de infecção intestinal conhecido como diverticulite. Favorecem o desenvolvimento dessas perturbações, as dietas pobres em fibras e o excessivo consumo de carboidratos refinados.

O uso diário do farelo de trigo combate a obesidade, porque exige maior tempo de mastigação, provocando o aumento da produção de saliva e sucos gástricos.

Esse líquido mistura-se com a comida no estômago e provocando o aumento do bolo alimentar, sacia mais rapidamente o apetite.

O farelo de trigo favorece a eliminação de gorduras e toxinas dos órgãos de digestão e excreção, fornecendo mais vitalidade e resistência ao organismo.

Modo de usar: 

Pode-se misturá-lo ao leite, sucos, coalhadas, iogurte, sopas, massa de bolos, pães, biscoitos. Iniciar com pequenas quantidades diárias, pois absorvendo água, o farelo aumenta de tamanho até 20 vezes.

Consumido diariamente evita ataques cardíacos, diverticulite, varizes, hemorróidas, obesidade, colesterol, prisão de ventre e câncer no cólon e reto.

Rico em nutrientes como: proteínas, vitaminas B1, B2, B3, B6, P, cálcio, ferro, fósforo, potássio e sódio.


Fraternos Abraços

domingo, 5 de março de 2017

Trofoterapia * Benefícios do Alho e do Tomate



ALHO

Alicina: O Alho, tem ação germicida e o poder de combater o colesterol e a pressão arterial, tem ação germicida combatendo infecções além de possuir antioxidantes e flavonoides que combate o envelhecimento precoce e muitas outras qualidades. A ação mais importante do alho é sua capacidade de melhorar as condições cardíacas, ele também é germicida e anticancerígeno.



TOMATE 

LICOPENO: O Tomate está associado a índices reduzidos de câncer de pâncreas, cervical e próstata. Ele protege o organismo de infecções bacterianas, assim como de perturbações digestivas e pulmonares. Em cataplasmas ou cru, ele age como desinflamatório, sendo também muito benéfico para a atividade cerebral.

O suco de tomate puro batido com salsa ajuda a dissolver cálculos renais. Além disso, é ótimo para combater as infecções e exerce efeito anti-séptico no corpo, neutralizando resíduos ácidos. Possui uma grande quantidade de vitaminas, A-B-C e sais minerais... Na salada é um dos vegetais indispensáveis porque alem de sua beleza tem as suas propriedades curativas.

Benefícios dos alimentos



TROFOTERAPIA

A Trofoterapia Visa pesquisar e proporcionar ao homem Recursos Naturais contra as doenças. É um conceito clássico. Sob o ponto de Vista Holístico, é da natureza que devemos extrair a Força que nos move. É no Núcleo visível que a Força Vital cumpre o seu papel. Portanto, a Trofoterapia é um conceito muito profundo, e simples ao mesmo tempo, paradoxalmente falando, desde que estejamos conscientes da Magia da Natureza em nossas vidas.

O conceito clássico da Trofoterapia foi utilizado, limitadamente, para tratamento de doenças. Entretanto, Trofoterapia, sob o ponto de vista Científico e Holístico, é uma Ciência Superior que promove a nossa transformação Física e Psíquica por meio da nutrição mais natural possível. A Trofoterapia não é uma ciência dietética para curar enfermidades. É uma prática nutricional que promove a nossa reintegração a natureza Cósmica para recebermos as Energias Positivas do que se encontra de positivo do nosso habitat natural do Eu Superior.

As frutas, brotos, grãos e muitas plantas possuem cada qual seu respectivo poder Trofoterápico. Todos têm a sua função Medicinal e Terapêutica.


AGRIÃO

Óleo essencial responsável pelo cheiro característico do vegetal. É estimulante da produção de bile e suco gástrico. Enzima que, atuando junto com outras substâncias, produz o gosto amargo medicinal. Atua como diurético e anti-séptico. A associação destas substâncias confere ao agrião a propriedade de expectorante.




Alcachofra

Possui substâncias com efeito benéfico das vias hepáticas. Apresenta como princípios ativos a cinarina e o ácido cafeico que estimulam a formação da bili- hepática, regularizam a formação de sais biliares e o colesterol .O que muitos não sabem é que essa hortaliça pode trazer de benefícios a nossa saúde, ela possui uma gama muito grande de nutrientes, nutritivos e medicinais. As vitaminas do complexo B, ferro, sódio,cálcio, potássio e fósforo.

São usados contra icterícia, cujos sintomas desaparecem rapidamente. As folhas reduzem a taxa de açúcar no sangue e são usadas como adjuvantes no tratamento de diabetes. Possui efeito anti-esclerótico, ou seja, é um bom combatente do endurecimento das artérias , só temos que termos cuidados com pessoas alérgicas a essa hortaliça.





ABOBORA

Globulina- Substância protéica usada como corticóide natural, atuante na cicatrização epitelial e na flexibilidade e movimentação musculares.
A abóbora moranga, conhecida também como jerimum é rica em vitamina A, que devido a sua pigmentação, possui uma substância funcional que é um poderoso antioxidante ´´combate os radicais livres´´, colabora na prevenção de doenças cardiovasculares e outros benefícios.

As sementes de abóbora, que podem ser um delicioso petisco, são consideradas um calmante natural , são chamadas de “Prozac natural”, devido ao seu efeito calmante, isso porque contém altas doses de triptofano, uma substância que atua como neurotransmissor e atua sobre o humor.





ALFACE

Lactucina-Atua de maneira hipnótica contra enfermidades nervosas. É um calmante de primeira ordem. As alfaces, especialmente as de cor verde e as roxas intensas, fornecem provitaminas A ou beta caroteno.Alem disso, possuem uma grande quantidade de vitaminas C e E.





ASPARGO

O Aspargo é um vegetal de baixo teor calórico, seus brotos tem sido utilizado em muitos medicamentos para tratar doenças como a hidropisia síndrome do intestino irritável, também é uma ótima fonte de antioxidante como lutecina, zea-xantina, carotenos e criptoxantina, juntos, esses flavonoides ajudam a combater os radicas livres oxidante que prejudica o corpo. Ajudando-os a se protegerem de um possível câncer, doenças neuro-degenerativas e infecções virais.

Portanto adicionar o Aspargo a sua dieta alimentar vai prolongar sua vida e o que é melhor, com Qualidade.